Proteção contra fogo

Responsabilidade pelo ser humano e pelo patrimônio

Por décadas, a Knauf Ceiling Solutions tem fabricado sistemas de forros e revestimentos acústicos certificados para a proteção contra incêndio.

A proteção do patrimônio, da saúde e da vida das pessoas que estão no interior de um edifício é de fundamental importância.

Proteção contra incêndio significa impedir a ocorrência e a disseminação de fogo e fumaça.

A qualidade dos materiais de acabamento frequentemente exerce um papel decisivo na determinação se um incêndio pode se disseminar ou se será contido na origem do incêndio, podendo ser extinto de forma rápida e com sucesso.

Os forros e revestimentos acústicos devem atender aos requisitos específicos de tempo de resistência ao fogo, de emissão de fumaça, gotejamento e

propagação de chamas quando expostos ao fogo, com base na classificação do tipo e da utilização do edifício.

Em caso de incêndio, as equipes de resgate e combate a incêndio precisam encontrar um ambiente suficientemente seguro para evacuarem as pessoas do prédio e, se for o caso, trazer em segurança quaisquer objetos de valor.

As rotas de fuga devem permanecer intactas e sem fumaça durante um período de tempo específico. Estas rotas não devem conter quaisquer materiais de construção ou mobiliário inflamáveis e devem ser segregadas em zonas de incêndio individuais.

Ao seguir rigorosamente as determinações de proteção contra incêndio durante o projeto e a execução, vidas podem ser salvas e danos materiais e intangíveis podem ser minimizados.

 

Proteção estrutural contra incêndio

A proteção estrutural contra incêndio considera a resistência dos forros suspensos em conjunto com a tipologia estrutural da edificação que está sendo protegida.

Os sistemas de forros AMF THERMATEX® com estrutura AMF VENTATEC® se enquadram na classificação F30 a F120 (ou REI30 a REI120), dependendo da tipologia estrutural da edificação.

Proteção independente contra incêndio

Os forros suspensos com classificação de proteção independente contra incêndio devem oferecer proteção contra fogo por cima e por baixo do forro, independentemente da tipologia estrutural da edificação.

No caso de o incêndio ter origem acima do forro, as rotas de fuga subjacentes devem estar protegidas pelos forros suspensos durante pelo menos 30 minutos. Adicionalmente, o sistema de forro com classificação de proteção independente contra incêndio deve ser estanque à fumaça tóxica.

Para se obter esta classificação, os ensaios laboratoriais são conduzidos observando-se todos os componentes do sistema completo de forro suspenso, incluindo-se os componentes usuais de uma edificação como iluminação, alçapões, alto-falantes, sinalização, conexões com divisórias leves, anteparos, etc.

Classificação dos materiais

A norma internacional EN 13501-1 classifica os materiais em 7 classes primárias de combustibilidade (Classe A1 até Classe F), com a seguinte estruturação técnica:

Internacionalmente, a norma EN 13501-1 é utilizada para avaliar e classificar os materiais de construção de acordo com seu comportamento frente ao fogo. No Brasil, adota-se a norma NBR 9442. Estas normas estabelecem requisitos técnicos para os materiais de acabamento quanto ao seu comportamento quando em contato direto com o calor irradiado ou com as chamas.

A classificação dos materiais de construção em combustíveis e não combustíveis não descreve o comportamento intrínseco do material. O comportamento dos materiais sob fogo depende do tipo e da forma da superfície, da presença de colas e resinas, da técnica de processamento utilizada, etc. Assim, as certificações só são válidas para o material de acabamento ensaiado em laboratório.

 

Materiais não combustíveis

O produto não contribui em nenhum nível com o incêndio total

A1

Materiais não combustíveis

O produto pode eventualmente contribuir minimamente com um incêndio

A2 – s1 d0

A2 – s1 d1

A2 – s1 d2

A2 – s2 d0

A2 – s2 d1

A2 – s2 d2

A2 – s3 d0

A2 – s3 d1

A2 – s3 d2

Materiais combustíveis com muito limitada contribuição ao fogo

O produto contribui minimamente com a propagação do fogo

B – s1 d0

B – s1 d1

B – s1 d2

B – s2 d0

B – s2 d1

B – s2 d2

B – s3 d0

B – s3 d1

B – s3 d2

Materiais combustíveis com limitada contribuição ao fogo

O produto contribui substancialmente com a propagação do fogo

C – s1 d0

C – s1 d1

C – s1 d2

C – s2 d0

C – s2 d1

C – s2 d2

C – s3 d0

C – s3 d1

C – s3 d2

Materiais combustíveis com média contribuição ao fogo

O produto resiste por pouco tempo (10 a 20 minutos) quando exposto a uma chama

D – s1 d0

D – s1 d1

D – s1 d2

D – s2 d0

D – s2 d1

D – s2 d2

D – s3 d0

D – s3 d1

D – s3 d2

Materiais combustíveis com alta contribuição ao fogo

O produto resiste por muito pouco tempo (2 minutos) quando exposto a uma chama

E

E –  d2

Materiais combustíveis – Facilmente inflamável / Materiais não classificados

O material não propaga fogo ou não foi ensaiado ou não se enquadra nas outras classes

F

Como se vê nesta tabela, além de classificar a combustibilidade dos materiais, a norma EN 13501-1 também estabelece os critérios para quantificação e classificação da emissão de fumaças tóxicas e do gotejamento:

Emissão de fumaça durante a combustão

(s = smoke = fumaça)

s

1

Quantidade / velocidade de emissão é ausente ou desprezível (ausente)

2

Quantidade / velocidade de emissão tem intensidade média (limitada)

3

Quantidade / velocidade de emissão tem alta intensidade (ilimitada)

Produção de gotas flamejantes ou partículas durante a combustão

(d = dropping = gotejamento)

d

0

Sem gotejamento (ausente)

1

Gotejamento lento (limitado)

2

Gotejamento rápido (ilimitado)

As placas de lã de rocha AMF TOPIQ® se destacam com a melhor classificação de reação ao fogo: Classe A1 segundo a norma internacional EN 13501-1.

As placas de fibra mineral wetfelt AMF THERMATEX® com acabamento pintado ou com véu acústico e as placas de fibra de madeira HERADESIGN® A2 são classificadas como A2-s1,d0 segundo a norma internacional EN 13501-1.

As placas de fibra mineral wetfelt AMF THERMATEX® Thermaclean, com acabamento com película de vinil, são classificadas como A2-s3,d0 e as placas de fibra de madeira HERADESIGN® são classificadas como B-s1,d0 segundo a norma internacional EN 13501-1.

Segundo a norma brasileira NBR 9442, todos estes produtos são categorizados na “Classe A”.

A classe do material encontra-se impressa na parte de trás das placas, nas etiquetas de embalagem, nas amostras e catálogos dos produtos e os certificados de ensaios estão disponíveis mediante solicitação.

Conte com nossa assessoria técnica especializada.

Oferecemos cursos e treinamentos para profissionais da arquitetura e da construção civil.

Conte com nossa assessoria técnica especializada.

Oferecemos cursos e treinamentos para profissionais da arquitetura e da construção civil.